quarta-feira, 19 de junho de 2013

I can't survive

konnichiwa minna. Como estão? Espero que bem melhores que eu
1ª parte: desculpe a todos pela falta, que falta? eu não faço falta nenhuma.
Sei lá, estou meio assim esses dias que passaram, principalmente hoje.
2ª parte: Depois que descobri que engordei, estou meio para baixo. Mas também a culpa é minha, eu que relaxei, sou uma puta mesmo...
Meus dias foram monótonos ultimamente, estou entrando em um ciclo, em uma rotina novamente? Sinto que a guria melancólica que antes me acompanhava junto com a patty e o Tico, está voltando, mas sozinha. Mesmo que toda a felicidade caia sobre mim, quero morrer, quero apenas meu corpo descansar eternamente sobre um caixão almofadado fechado e repleto de flores com 7 palmos de terra sobre ele, ou talvez embaixo da água, somente meu corpo. Quero partir o mais rápido possível.
Ontem, eu recebi uma proposta de namoro e aceitei com chave de ouro. Sim, fizemos. Estava feliz até então - bem, somente ontem. Hoje acordei triste por não estar abraçada ao lado dele, fui a escola normalmente, voltei e não almocei, quis dormir mas não consegui, tomei um banho demorado e pensativo, sentada no chão do box. Sai e escorreguei no chão do meu quarto, imaginei uma lâmina cortando-me ao meio. Levantei depois de um tempo e me troquei, tinha psicólogo hoje. tentei ir à consulta, juro que tentei, estava animada para isso, mas a senhora Lei de Murphy não me deixou ir - tinha manifesto hoje no Paço Municipal. Fiquei abalada, um trânsito terrível que só consegui chegar em casa depois de mais de uma hora, estava terrivelmente deprimida, nunca pensei que estaria viciada em consultas, nunca imaginei que sentiria tanta falta a ir ao psicólogo, mas senti. No caminho de volta para casa, rezei para que um carro qualquer, uma bala perdida, me atingisse. Como podem ver, não aconteceu.
Cheguei em casa e senti um desejo de que ele aparecesse e me abraçasse, espantando todos os meus medos, tristezas e melancolias, mas não aconteceu. Venci ao cutting, venci a guria que sempre corta os pulsos, mas estou mal. Fumei não sei quantos cigarros, estão quase no fim. Chamaram-me para jantar, mas estou sem fome e não quero comer, comer engorda. agora estou aqui, sozinha de má vontade. Queria estar com ele, mas o mesmo não vem. acho que o único modo é morrer, mas não consigo.
3ª parte: Não sei o que faço, meus sonhos morreram e estou sem esperanças. Minhas únicas vontades: Anna, estar com ele e ...morrer.
fome? beba um copo de água gelada, isso queima calorias

2 comentários:

  1. Eu sei que está dificil agora querida mas não desista você é forte, você consegue. Eu sei como você se sente, esse desejo de morrer tão forte que você quer isso com todas as forças, mas mesmo assim não desista. Tem um mundo lindo esperando por você, viagens, namoros, fazer novas amizades. Não desista porque você engordou continue por causa disso, você consegue, você é forte e é capaz de retomar o controle do seu corpo e da sua mente. Não se deixe abater por isso, Anjo. Continue você consegue. E se precisar de alguém pra conversar pode contar comigo, sempre. NÃO DESISTA, PELOS AMIGOS QUE VOCÊ AINDA NÃO CONHECEU.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, espero que tudo se acerte, espero que tudo dê ceerto! Abandone essa menina frustrada e medrosa, encontre-se! Veja bem o que você quer e não desista! Estou te seguindo tb.. Então seja bem vinda ao desafio.. vamos conseguir atingir as metas, tenho certeza! Estou aberta a sugestões, ok? Beijos, tenha força nessa primeira semana, e qualquer coisa conte comigo ♥ (;

    ResponderExcluir

Cada comentário é muito importante para mim, auxilia-me a ter forças para continuar esta árdua jornada. Todavia NÃO TOLERO XINGAMENTOS A ANA OU A MIA. NÃO OFENDA, QUEIRA "AJUDAR" COM IDEIAS QUE ME AFASTEM DELA, NÃO CRITIQUE. SE NÃO TEM NADA DE BOM, NENHUM APOIO, SE NÃO ENTENDE O MEU OU O NOSSO MUNDO VÁ EMBORA!!!!!!!
Muito Obrigada a todos